Laboratório de Investigação Médica em Dermatologia e Imunodeficiências – LIM 56

O Laboratório de Dermatologia e Imunodeficiências tem como objetivos investigar as doenças dermatológicas (doenças dermatológicas alérgicas como dermatite atópica, urticária crônica, dermatites de contato e tumores dermatológicos), bem como as imunodeficiências primárias, secundárias e adquirida(AIDS). Também é dada ênfase aos estudos experimentais de hipersensibilidade. Estas linhas de pesquisas são lideradas sob a forma de subgrupos, coordenados pelos Drs. Maria Notomi Sato, Dewton de Moraes Vasconcelos, Gil Benard, Jorge Casseb e Cláudia Barreto, respectivamente, com a supervisão geral do Prof. Dr. Alberto José da Silva Duarte.

O laboratório iniciou suas atividades em 1981 e foi integrado ao Departamento de Dermatologia em 1999. Ao ser transferido para o prédio II do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo em 2003, teve a área útil aumentada (540m2) permitindo sua setorização. Com sua atual estrutura e seus subgrupos, além de desenvolver sua atividade científica, faz parte da rede HIV do Ministério de Saúde oferecendo exames laboratoriais para monitorização clínica e terapêutica dos pacientes infectados pelo HIV. Tem também capacidade para averiguar distúrbios imunológicos de diversas doenças.dente as quais se destacam as doenças dermatológicas e outras imunodeficiências. Oferece ainda apoio diagnóstico e auxílio em pesquisas realizadas por outros serviços do Hospital das Clínicas e também pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Estabelece assim amplo apoio aos diversos departamentos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Além das técnicas oferecidas rotineiramente (fenotipagem de células, cultura de linfócitos, atividade citotóxica e avaliação do sistema complemento), o Laboratório tem capacidae para quantificar citocinas de sobrenadantes de cultivo celular (ELISA), quantificar células produtoras de citocinas por citometria de fluxo e de por ELISPOT, genotipar HIV-1 por biologia molecular (seqüenciamento), idenficar defeitos moleculares nas imunodeficiências primárias (ZAP-70, Aire-1, interleucina IL-12 e outros defeitos do eixo IL-12/interferon-gama), dosar quantitivamente o Inibidor da C1 esterase, dosar properdina, dosar MBL, realizar teste do NBT e quimiotaxia de neutrófilos.

As linhas de pesquisa neste Laboratório são desenvolvidas em colaboração com importantes laboratórios de epsquisa estrangeiros, como os dos Profs. Michael Kirschfink, da Universidade de Heidelberg, Alemanha, Marco Ciccardi, Universidade de Milão, Itália, Jens Jensenius (Universidade de Aahus, Dinamarca (na área de pesquisa em Sistema Complemento), Jean Laurent Casanova, Hôpital Necker Enfants Malades, Paris, França (Imunodeficiências Primárias), e Ernesto T.A. Marques Jr., Johns Hopkins University, EUA (HIV/Aids).